sábado, 15 de março de 2008

É como sair sem medo do resfriado cantando e dançando na chuva, que solenemente toca cada parte do teu corpo, mesmo sem pedir te eleva pra onde só a chuva pode levar, personificação de um fenômeno da natureza é fruto de uma grande noite, repleta de gotas de chuva, amizade, chocolate russo e alegria. Que venha o futuro, que os planos mesmo que ainda deformados se tornem reais, tudo que fiz valeu a pena, é clichê, mas é verdade, assim como é também o fato de ser 3:05 da madrugada, eu ouvir roncos e mesmo assim, pensar. Não digo em coisas específicas, pois ter a cabeça fechada em um círculo é um castigo para um amante da filosofia. antes de colocar a cabeça no travesseiro tenho que pensar, é um ritual diário. Hoje meu pensamento é você, eu, nós todos os pronomes pessoais e esse universo não é de apenas duas pessoas, é composto por várias cada uma com sua função, eu apenas penso, não faço. Meu papel é esse? Pensar, pensar e pensar? Espero não esquecer de ser, independente do que for, mas ser.

2 comentários:

N. disse...

Oras, então SEJA, de fato, tudo aquilo que você pode pensar em ser :]

Gessica disse...

tem uma frase, não lembro muito bem de quem que diz que acreditar em algo e não vive-lo é desonesto. Pensar é necessario, e as vezes nos refugia do mundo lá fora, mas o mundo real embora mais complicado também é proveitoso :D
beijos gustavooo