terça-feira, 12 de fevereiro de 2008

O que é limitar?
Creio que seja impedir a alma de estrapolar.
É saudável pular as barreiras?
Se é ou não, há vezes em que o faço
Certos momentos nos instigam isso
Como esse.
Pena que não existe aquilo
Seria conveniente pular as barreiras do teu olhar,
Como constrois bem essa fortaleza.

Como uma folha seca jogada no chão de outono
Espero um caminhar sonhador pisar em mim
Para simplesmente sentir o prazer de ouvir o som dos sonhos
Dos meus sonhos, dos teus, na nossa janela.
Vai ser um final de tarde que não merecia ser final.

2 comentários:

Lisbela disse...

acredito que seja totalmente saudável pular as barreiras, estrapolar...
Talvez seja bem isso que você precise nesse momento, fugir as regras...
Cada vez mais criativo e introspectivo.

Gustavo Machado disse...

Acho que realmente é o que preciso, vivi às sombras das regras necessito ser um motivo de sombra.